Blog

O QUE É AUDITORIA, SEU CONCEITO E A DIFERENÇA ENTRE INTERNA E EXTERNA

O que é auditoria, seu conceito e a diferença entre interna e externa

Confira esse post onde explicamos o que é auditoria, a diferença entre a interna e externa, sobre as principais características da profissão e como surgiu ela no mundo e no Brasil.

 

Entenda como funciona

 

Auditoria é a análise de todas as atividades desenvolvidas por uma empresa de pequeno, médio ou grande porte, que tem como objetivo verificar se as ações dessas organizações estão conforme planejadas por elas, ou se estão de acordo com as normas estabelecidas pelo Governo por Lei.

 

Ela se subdivide em: auditoria externa e auditoria interna.

 

Qual a diferença entre as duas?

 

Auditoria interna é realizada pelos colaboradores da própria empresa, examina a adequação e a eficácia dos controles internos e das informações contábeis, financeiras e operacionais da corporação.

 

O objetivo é de garantir um maior valor para as operações realizadas pela companhia, ajudando a atingir resultados e metas através de uma abordagem sistemática, como também de concluir sobre a qualidade dos registros e a segurança destes.

 

O auditor interno não deve estar subordinado aos departamentos que examinarem, deverá ser independente prestar informações apenas aos gestores que o destinarem a execução das atividades.

 

Vale ressaltar que mesmo sendo funcionário da empresa, é necessário existir imparcialidade do colaborador, serem livres de tendência e conflitos de interesse. Os auditores devem assegurar que as constatações e conclusões de auditoria sejam baseadas somente nas evidências encontradas.

 

Auditoria externa conhecida também como auditoria independente, são executadas por outras organizações, executadas por pessoas externas à companhia.

 

A diferença é a total imparcialidade do auditor com a organização auditada, visto que a auditoria independente atende também aos interesses de investidores, instituições bancárias e ao próprio governo.

 

O processo de auditoria tem como objetivo examinar de forma transparente se as informações disponibilizadas pela entidade estão de acordo com o que foi concedido e de acordo com as normas aplicáveis.

 

Conforme a Lei 6.385 (7/12/1976) define que "somente as empresas de auditoria contábil ou auditores contábeis independentes, registrados na Comissão de Valores Mobiliários poderão auditar, para os efeitos desta Lei, as demonstrações financeiras de companhias abertas e das instituições, sociedades ou empresas que integram o sistema de distribuição e intermediação de valores mobiliários."

 

Quais são as informações que as empresas auditadas devem fornecer?

  • Todos os dados sobre os procedimentos;
  • Viabilizar documentos, locais e pessoas necessárias;
  • Declarar que os procedimentos estão sendo feitos;
  • Executar as ações corretivas apontadas no relatório;
  • Averiguar e sugerir melhorias nos processos.

 

A profissão de auditor:

 

O propósito do auditor é avaliar se os critérios estabelecidos estão ou não sendo atendidos pela corporação auditada, e de forma objetiva e técnica evidenciar a relevância do fato apurado, amparando as conclusões e recomendações sobre cada caso auditado.

 

Suas principais responsabilidades são:

  • Apurar se os procedimentos da companhia estão sendo seguidos;
  • Apontar não conformidades;
  • Apontar e sugerir melhorias;
  • Averiguar a necessidade de alterar procedimentos internos

 

Principais características pessoais necessárias do cargo:

  • Ética
  • Visão sistemática
  • Colaborativo
  • Observador
  • Perceptivo
  • Versátil
  • Obstinado
  • Decisivo
  • Confiante
  • Aberto a melhorias
  • Sensibilidade cultural

 

Se identificou com os itens acima? Envie seu currículo para a Berkan, contamos com escritórios em Blumenau e São Paulo.

 

Como surgiu:

 

A primeira manifestação da auditoria surgiu no século XIV, na Inglaterra, onde o governo utilizava o exame periódico e sistemático das contas públicas. Claro que naquela época não havia nada sistematizado, não existiam técnicas de seleção e teste.

 

Em 1840 com a revolução industrial se estabeleceu uma nova era econômica na Inglaterra, com o surgimento de um grande mercado industrial e comercial, com isso consequentemente veio a falta de controle e inúmeros investimentos fracassados.

 

Devido a esses pontos negativos surgiu a necessidade da auditoria , propondo um processo mais controlado e focado em detecções de fraude, erros técnicos e erros de princípios contábeis.

 

No Brasil, entre 1899 e 1902 houve o primeiro advento da auditoria externa, onde a companhia São Paulo Tramway Light & Power Co teve suas demonstrações financeiras certificados pela empresa Clarkson & Cross, atual Ernst & Young. A primeira empresa de auditoria independente a se instalar no país foi a Delloite Touche Tohmatsu, no Rio de Janeiro, em 1911.

 

Caso tenha restado alguma dúvida sobre o assunto, entre em contato conosco, estamos dispostos a lhe ajudar!

  • Compartilhar

Artigos relacionados